Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Antigo aluno ou ex-aluno?

Escrito por Cel. Araújo | Publicado: Segunda, 05 de Fevereiro de 2018, 15h53 | Última atualização em Segunda, 05 de Fevereiro de 2018, 15h53 | Acessos: 758

Com o passar do tempo, muitos alunos que já se formaram no CMPA têm questionado o Colégio sobre a designação “ex-aluno”, sob o argumento de que o prefixo “ex” é excludente e lhes retira o sentimento de nunca terem deixado de se sentir como integrantes do Velho Casarão da Várzea.

Sensível ao fato, o CMPA foi buscar na tradição portuguesa – origem dos Colégios Militares – uma outra designação mais justa, encontrando-a no Instituto dos Pupilos do Exército, um colégio militar português com 106 anos de história e com quem o CMPA possui um Protocolo Internacional de Geminação.

Esse educandário lusitano, quando aqui esteve por vez primeira em 2012, levou para Portugal a denominação “Batalhão da Saudade”, que foi imediatamente abraçada com carinho por seus integrantes de todos os tempos.

Assim, trilhando o caminho inverso, o CMPA trouxe de lá, em 2013, a denominação “Antigo Aluno – AA”, que é como eles chamam todos os que, em qualquer tempo, estiveram em seus bancos escolares. Tal denominação começou a ser usada no CMPA em 2016 e, de lá para cá, passou a ser corrente nas matérias publicadas.

O título “Antigo Aluno” (AA) contribui para solidificar e reforçar o sentimento de pertencimento que há entre os alunos do passado e a Instituição onde estudaram na infância e/ou na adolescência, subtraindo a negação que o prefixo “ex” traz embutida.

No caso presente, pertencimento, ou o sentimento de pertencimento, é a crença subjetiva na origem comum que une indivíduos distintos, que pensam em si mesmos como membros da coletividade representada pelo Velho Casarão da Várzea, na qual símbolos objetivos e/ou subjetivos expressam valores, aspirações, recordações e saudade.

O indivíduo se reconhece e é reconhecido como pertencendo à Escola Preparatória ou ao Colégio Militar de Porto Alegre. Ao mesmo tempo, sente que esse lugar também lhe pertence, gerando assim uma poderosa e subjetiva simbiose sentimental que tem o poder de avivar e destacar características culturais e emocionais comuns, capazes de criar uma identificação positiva entre os indivíduos e destes com a Instituição.

Tal como o IPE, o CMPA também faz questão de grafar as primeiras letras do título em maiúsculas, em justa homenagem aos seus antigos alunos.

Via de regra, procurar-se-á publicar também o ano de formação do AA ou seu último ano no Colégio, caso seja conhecido, a fim de melhor situar o leitor no tempo. Ex: Antigo Aluno (AA 1921) Quintana.

Como curiosidade, o Exército Brasileiro, dentro da mesma ideia, também aboliu as expressões “ex-comandante”, “ex-chefe” e “ex-diretor, substituindo-as por “Antigo Comandante”, “Antigo Chefe” e “Antigo Diretor”.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e multidão

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, céu e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 22 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

registrado em:
Fim do conteúdo da página